Fibra criada a base de leite, traz inovação à indústria têxtil

De acordo com a ONU ⅓ dos alimentos do mundo são desperdiçados, e o leite representa 19% desse total, traduzindo, 247 toneladas desse produto é jogado fora, um número bem alarmante. Com o intuito de solucionar esse problema, uma empresa alemã desenvolveu um tecido chamado QMilk.

A fibra QMilk é feita de matéria-prima natural e renovável, a partir da caseína, que é a proteína do leite de origem animal, leite esse que é descartado e só na Alemanha, gera em média 2 toneladas de lixo por ano.

Ciente desses números absurdos, a estilista e criadora desse tecido Anke Domaske, decidiu criar algo totalmente novo, e que não agredisse o meio ambiente.O QMilk é leve e sem cheiro e veio revolucionar o mundo da moda, trazendo um material biodegradável, que produz desperdício zero e poderá ser usado, tanto na indústria têxtil quando para objetos de decoração.

Com um mix de tecnologia e inovação, essa fibra representa uma maneira alternativa e ecológica para quem busca um consumo mais consciente, e que não cause impactos a natureza.