Às 00h de hoje, pessoas já fizeram compras incalculáveis, e por quê? Ora, Meeck! Porque está barato e nós precisamos de tudo aquilo que compramos! Há um mês já anunciam o November Black. Há algumas semanas anunciaram a Black Week. Há alguns finais de semana já vivemos o Black Weekend. Comprar comprar comprar comprar assim mesmo sem vírgula para separar como as compras que acontecem sem limites e intervalos.

 

Mas voltando ao início do texto, queremos fazer uma pergunta: Vocês realmente precisam de tudo aquilo que compram?

 

Essa é uma das questões contempladas pelo Green Friday, um movimento que nasceu em 2013 como oposição a Black Friday, para combater o consumo excessivo e o incentivo do mesmo com a chegada do fim de ano.

 

Segundo a BBC News, a indústria da moda está em segundo lugar no ranking das indústrias que mais poluem o meio ambiente, tendo como uma de suas principais vilãs a produção do Poliéster, que pode levar até 200 anos para se decompor completamente.

 

Mas, como sabemos bem, não é apenas o mercado da moda que se beneficia da compra desenfreada nesta época do ano.

 

Então, reunimos aqui algumas dicas para que você não faça parte do time dos consumidores inconscientes:

 

1- Seja consciente

 

Quando quiser comprar algo, pergunte-se:

 

Eu realmente preciso do produto que desejo?

 

É diferente de tudo o que já tenho?

 

É ecológico?

 

Vou estar agredindo ao meio ambiente se aderir esse produto?

 

2- Pesquise, programe-se, compre

 

Compras de última hora geram além de custos mais altos, a adesão de produtos com  qualidade e procedência duvidosa.

 

3 – Pesquise os valores antes da Black Friday

 

Muitas empresas aumentam seus valores semanas antes da Black Friday, para que no dia do evento retornem ao preço normal e o anunciem como uma promoção imperdível. Não caia nessa!

 

4 – Compre de empresas transparentes

 

Muitas empresas comercializam produtos de origem animal, colaboram para o desmatamento e não viabilizam ações para combatê-lo. Além de seus descartes indevidos, ainda contam com trabalho escravo em suas produções.

 

5 – Reutilize!

 

Sejam roupas, acessórios ou utensílios, peças incríveis podem ser criadas usando todo o material que você já possui, e o que é melhor: Sem agredir o planeta.  

 

Um vestido pode virar um lindo macacão, uma garrafa pode virar um arranjo incrível e tudo mais que a sua criatividade permitir.

 

Permite-se a aderir o verde, diga não ao consumo excessivo!